Marca

Afinal, preciso registrar a marca do meu blog?

Afinal, preciso registrar a marca do meu blog?
Escrito por SM8 Marcas

Atualmente, em razão do acesso diário da internet e do grande alcance das informações que são disponibilizadas em meios eletrônicos, o número de pessoas que têm blogs e ganham dinheiro com eles é enorme. Mas o que a maioria não sabe é que, assim como em qualquer negócio, é importantíssimo que os blogs registrem suas marcas. Então, sim! É preciso registrar a marca do seu blog!

Muitos blogueiros acreditam que registrar o domínio basta. Acontece que isso não é verdade e pode vir a gerar problemas em longo prazo, principalmente se a sua página atingir grande visibilidade e você passar a ser reconhecido pelo trabalho que faz.

Então, diante disso, no post de hoje vamos conversar sobre a importância do registro de marca para os blogs, mostrar quais os problemas podem ser evitados com a adoção dessa medida e explicar quais os procedimentos devem ser adotados para sua realização. Confira:

Quais blogs precisam ter uma marca registrada?

Para verificar se você precisa registrar a marca do seu blog, é importante que responda a dois questionamentos básicos:

  • o seu blog tem domínio (.com ou .com.br)?
  • Você ganha algum dinheiro com ele?

Caso as duas perguntas tenham recebido uma resposta afirmativa, é importante que você providencie o registro da sua marca e evite problemas futuros. O domínio garante o nome do site, mas não a exclusividade de seu uso.

Imagine que alguém abriu uma loja com um nome igual ao do seu blog. Ele pode registrar a marca, adquirir o direito de uso exclusivo e depois pagar para que o seu domínio seja bloqueado! Pensou no prejuízo?

Então, tome as medidas necessárias para que isso não aconteça! Pense em quanto ganha com as postagens e em como o blog é importante para você, depois pesquise o valor que precisa investir para fazer o registro e, por fim, faça um planejamento.

Mas não demore! Afinal, nada melhor que ter tranquilidade e segurança, certo?

Quais problemas podem surgir pela falta de registro?

No Brasil, a Lei da Propriedade Industrial (Lei nº 9279/1996) assegura que aquele que realizar primeiro o registro de uma marca tem o direito à utilização exclusiva.

Ou seja, não importa se o seu blog existe há um ou 10 anos. Caso alguém solicite o registro de uma marca com o mesmo nome, essa pessoa poderá adotar medidas judiciais para que você seja impedido de continuar a utilizá-la.

Além disso, aquele que registrar a marca também terá o direito de cobrar indenização por uso indevido de marca, o que pode gerar inúmeros prejuízos financeiros e muitas dores de cabeça.

Por fim, também é preciso considerar a sua situação pessoal: se outra pessoa registrar uma marca com o mesmo nome do seu blog e te impedir de utilizá-lo, você terá que investir em uma nova identidade visual, em novos procedimentos de marketing, novos cartões de visita e muito mais.

Isso sem contar no trabalho para se recolocar na internet e fazer com que todos os seus seguidores entendam que o seu blog mudou de nome, mas que a sua proposta continua a mesma. Complicado, certo?

Para evitar todo esse transtorno, faça a coisa certa: registre a sua marca!

Como registrar minha marca? Onde encontro as informações corretas?

Para realizar o registro de uma marca, você precisa procurar o INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Entrando em contato com esse órgão, você terá informações sobre toda a documentação necessária e os requisitos legais que devem ser observados para a formalização do procedimento.

Antes de começar, é importante realizar uma pesquisa e verificar se ninguém apresentou algum pedido de registro com o mesmo nome que você pretende registrar. Na sequência, faça o cadastro no site do INPI, crie um nome de usuário e uma senha, gere a Guia de Recolhimento da União (GRU) e realize o pagamento.

Realizado o pagamento, acesse o sistema com os seus dados e preencha todos os formulários solicitados. Fique atento, pois são vários códigos e aspectos legais que devem ser observados.

Feito isso, acompanhe semanalmente o andamento do seu pedido. Vale destacar que ele pode demorar a ter uma resposta. Em alguns casos, a espera é de três anos.

Apesar de ser possível fazer tudo sozinho, contar com uma assessoria especializada no assunto faz toda a diferença! Isso porque, além de ajudar com a parte burocrática e com o preenchimento dos formulários (grandes e repletos de códigos específicos), essas empresas possuem muitas facilidades e conseguem, inclusive, tornar o processo mais rápido.

Lembre-se: preencher as informações de forma errada ou apresentar documentos com inconsistências poderá levar ao indeferimento do pedido e o processo terá que recomeçar do zero. Então evite problemas, busque profissionais capacitados no assunto e não comprometa o andamento do seu blog.  

Esse investimento vai retornar positivamente para você: após o registro, ninguém poderá prejudicar a sua marca. Tem coisa melhor que essa tranquilidade?

Isso sem contar que o registro valoriza a sua marca. Em muitos casos, o nome de uma empresa consegue ter um valor maior do que o próprio patrimônio dela por causa da credibilidade. Sem dúvida, isso é muito comum nos casos dos blogs. Pense, por exemplo, em grandes veículos on-line de moda, de vida saudável, de gastronomia ou de estilo de vida. Você vai ver que isso é verdade!

Agora que você já sabe o quanto é importante ter sua marca registrada, não perca tempo e providencie esse registro de uma vez por todas. Além de evitar dores de cabeça, é um passo importante para que o seu blog cresça e se transforme na sua verdadeira fonte de renda! Nada melhor que fazer o que ama, ter visibilidade, ser uma referência e ainda lucrar com isso, concorda?

Quer investir no seu blog e falar com quem entende de marcas? Para começar da forma correta e obter mais informações importantes sobre o assunto entre em contato com a SM8 Marcas e converse com profissionais especializados, que irão reservar um tempo exclusivo para te atender e que tornarão o procedimento muito mais simples e ágil! Não deixe para depois!

Sobre o autor

SM8 Marcas

Deixar comentário.

Share This